Parlamento Regional cobra solução sobre falta de professores

por nop publicado 23/07/2019 18h44, última modificação 23/07/2019 18h44
A Câmara de Nova Prata esteve representada pelo vice-presidente Clayton Rigo.

O Parlamento Regional esteve reunido no município de Nova Pádua na última sexta-feira tendo como tema principal do encontro a educação estadual.

Nova Pádua é a terceira cidade do Brasil que mais investe em educação, conforme o Anuário Brasileiro de Educação Básica. Motivo este que o Parlamento Regional realizou sua reunião tendo a presença de representantes da Secretaria Estadual de Educação (Seduc).

O diretor da Seduc, Luiz Irineu Schenkel esclarece que atualmente há cerca de 80 mil professores em atividade no RS para cerca de 800 mil alunos matriculados, divididos estes em cerca de duas mil escolas. Porém segundo o diretor, há docentes atuando em áreas administrativas das escolas, outros com licença saúde e uma gama no processo de aposentadoria.

Para suprir a falta de professores, o Estado trabalha em um gerenciamento desses profissionais. Estiveram juntos com Schenkel, a coordenadora adjunta da 4ª CRE, Eunice Cioatto e o coordenador da 16ª CRE, Leonir Rasador que reiteraram a complexidade do remanejo por haver a necessidade de analisar os casos de forma individual.

Os vereadores presentes na reunião representando dez municípios da Serra questionaram os coordenadores sobre o atraso no pagamento de salários, ou sobre os curtos contratos emergenciais realizados. Segundo os representantes do Estado, há a necessidade da conclusão desse processo de remanejamento para averiguar a necessidade de um novo concurso público ou em firmar uma parceria com os Governos Municipais.

Os vereadores solicitaram a conclusão desse processo o mais breve possível a fins de evitar onerar a educação dos estudantes nos próximos semestres.

O Vereador Clayton abordou ainda a questão do Ginásio da Escola Estadual 11 de Agosto.

Texto: Gabriel Venzon | Câmara Farroupilha